Investigar as alternativas de elevar o desempenho das empresas e seu poder de competitividade através dos arranjos inter-organizacionais e das redes de cooperação produtiva, tais como clusters regionais, organizações/empresas virtuais, cooperativas, cadeias de suprimentos, etc.. Além disso, objetiva-se identificar as oportunidades e as barreiras relativas à geração, difusão e gestão do conhecimento através das redes de cooperação inter-organizacionais, sob o contexto da globalização dos mercados e da reestruturação industrial com o advento do paradigma de produção enxuta/ágil/flexível.

As oportunidades de negócios, que surgem destas novas formas de inter-relacionamento ou de redes inter-organizacionais, parecem não ter comparação na história da economia mundial. É justamente este aspecto dinâmico de cooperação entre empresas e instituições, que operam em uma dada cadeia produtiva na busca das eficiências coletivas, que se pretende investigar.