• O monitor do Núcleo Operacional do Vale do Paraíba concedeu uma entrevista ao Jornal Vanguarda-G1, onde cita: “A empresa não deve só aproveitar momentos pontuais da economia, em que as taxas cambiais estejam favoráveis, o objetivo é que percebam que uma parcela do faturamento voltado ao mercado externo é favorável”. Para mais informações: clique aqui.